“Não gosto de música brasileira”, dizem eles

Cara, mas qual é o problema desse pessoal da minha geração, hein?… A música nacional é belíssima, agradável, inteligente e dançante. O porquê de alguns não gostarem dela (absurdo), só posso explicar como falta de conhecimento da mesma. Ninguém pode gostar de U2, Madonna, Michael Jackson, Nirvana e dizer que música brasileira é ruim. Nós não perdemos em qualidade para eles.

Mas sem problemas, o buraco deve ser mais embaixo e nossa discussão envolve alguns conceitos. Cultura de massa (a música pop), subcultura (ouvidas por um grupo menor de pessoas), contracultura (a música jovem que vem quebrando os paradigmas existentes), cultura regional (a própria de um lugar). A chamada “cultura” ou a música dita popular brasileira (porque as outras são excluídas) é a escutada pela elite ou pela maioria, e eternizada pelos anos.

Muita gente associa “música brasileira” a É o Tchan, Tati Quebra Barraco, Chichete com Banana, Ivete Sangalo e Calypso. Vamos lá: esta visão é distorcida. A música nacional é claro que é a produzida no Brasil e escutada pelo Brasil. Todas elas. Independente de serem pop, elitizadas, subculturais, contraculturais ou regionais. Para mim é desse jeito.

Mas pois é. Não vou falar de brega, funk, forró, sertanejo, axé, arrocha, swigueira ou pagode. Que dessas daí nem precisa – todo mundo conhece. Vou falar da nossa querida MPB, a música escutada pela classe média (classe C, classe majoritária). Vale ressaltar que estou ao som de Elvis, e não tenho nada contra a música estrangeira. Também tô na vibe de Lady Gaga, imagine…

Sei mais de cantores e bandas da época da ditadura para cá (tenho 20 anos só, não é para menos). Só por causa da Globo fiquei sabendo da Maysa e Dalva de Oliveira – muito boas, por sinal. Quem não conhece a jovem guarda, a bossa nova, a tropicália, o samba-canção e o chorinho e toda essa fusão de ritmos que tem na música brasileira, que conheça:

Vinícius de Moraes, Tom Jobim, Toquinho, Baden Powell, João Gilberto, Elis Regina, Chico Buarque, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Dorival e Nana Caymmi, Milton Nascimento, Tom Zé, Jorge Ben, Jair Rodrigues, Gal Costa, Luiz Melodia, Marina Lima, Rita Lee, Sandra de Sá, Adriana Calcanhoto, Simone, Zélia Duncan, Maria Bethânia, Angela Rorô, Marisa Monte, Guilherme Arantes, Ivan Lins, Roberto Carlos, Cazuza, Raul Seixas, Tim Maia, Pixinguinha, Gonzaguinha, Cássia Eller, Lobão, Djavan, Zizi Possi, Jorge Aragão, Zeca Pagodinho, Cartola, Alcione, Geraldo Azevedo, Zé Ramalho, Elba Ramalho… Ah, e Heitor Villa-Lobos é um compositor clássico brasileiro (vide bachianas).

Nossas bandas: Blitz, Barão Vermelho, Legião Urbana, Kid Abelha, Ira, Capital Inicial, Paralamas do Sucesso, Titãs, Skank, Engenheiros do Havaí, Angra, Jota Quest, Banda Eva…

Os mais recentes: Vanessa da Mata, Maria Rita, Jorge Vercilo, Almir Sater, Ana Carolina, Carlinhos Brown, Lenine, Arnaldo Antunes, Ed Motta, Seu Jorge, Maria Gadú, Mart’nália, Isabella Taviani, Chicas, Roberta Sá, Rita Ribeiro…

Fora que tem muito ritmo regional que não são de conhecimento nacional. A exemplo da música pernambuca, que tem coco, cirand, maracatu, frevo, xaxado, mangue beat, marchas de carnaval, caboclinho, cavalo marinho etc. Há bandas aqui que misturam os ritmos como Nação Zumbi, Cordel do Fogo Encantado, Coco Raízes de Arcoverde, Mombojó, Mundo Livre S/A etc. E outras reproduzem fielmente alguns ritmos: Luiz Gonzaga, Lia de Itamaracá, Mestre Ambrósio, Capiba etc.

Imagina juntando a MPB com os ritmos regionais dos outros estados? É muita música boa.

Leu até aqui? Deve ter notado os nomes de peso que coloquei. Se você diz não gostar da nossa música, procure conhecer estes artistas. Com certeza irá mudar de idéia. Repasse esse post se ouvir alguém dizendo “Não gosto de música brasileira” também, fará um favor a todos nós.

9 Respostas to ““Não gosto de música brasileira”, dizem eles”

  1. Marcia Paula Says:

    Vejo que você não esqueceu de ninguém na sua seleta lista, inclusive da minha adorada Nana Caymmi, mas vou confessar: gosto de MPB muito depois do rock,acho a MPB meio pra baixo, muita tristeza, mundo caiu, mas gosto de ouvir quando estou com a mente cansada, é uma música melodiosa,única.Em matéria de MPB estamos no Primeiro Mundo.

    • Leonardo Says:

      Vixe, pior que faltou sim: Lulu Santos, Nando Reis, Gabriel (o pensador), Marcelo D2 (-.-), Beth Carvalho, Bebel Gilberto, Biquini Cavadão… Mas sou fã mesmo de três que ficaram no texto: Cazuza, Adriana Calcanhoto e Elis. Adoro mesmo.

      Hm, e eu também, MP. Quando quero algo mais “para cima” vou ouvir música eletrônica e de boate gay.😀

  2. Mallika de Lakme Says:

    Faltou um pouco do rock pesado e esquisito dos anos 80. Sem ser o sucessão da Legião e Titãs, havia também bandas de punk, como as Mercenárias, Garotos Podres e Inocentes, as de rock progressivo como o Fellini e Violetas de outono e coisinhas deliciosas, como a NAU (da Vange Leonel).
    Tua playlist tá maravilhoooosa!

    • Leonardo Says:

      Vixe, vou te contar, não faço nem idéia de que bandas são essas. Acho que a música mais antiga que lembro é aquela do Balão Mágico.🙂

  3. Duda Says:

    Acho que preciso da MPB como do ar pra respirar, sem exagero!! Quem difama a Música Brasileira, certamente desconhece-a. Lindo texto! Soltinho, desprentensioso, e perfeitamente verdadeiro!
    Beijos!

  4. Murgder Says:

    Eu não gosto de música brasileira porque eu acho mto chata e irritante. Qual a graça em Roberto Carlos? Musicas velhas e enjoadas. Funk, rap, brega, forró, pagode e outras merdas do genero deviam ser extintas do universo, para que não se propague tamanha imbecilidade e put… Música americana é a melhor. Inglesa, francesa e alemã tbm. Ate´musica portuguesa é melhor q a merda q ouvimos nessas radios.

    Qr me irritar? toque um samba ou uma daquelas musicas velhas do tempo do onça. Me dá uma raiva ouvir porcaria com gente q acha aquilo maravilhoso…

  5. Anderson-furry Says:

    Eu nao gosto de musica brasileira.
    pq nao tem graça, eu acho muito chatao, muito ruim.

    Adoro musica mais legais michael jackos, roberto carlos etc… fiko feliz =D

    se musica brasileira eu nao fiko feliz

    entendeu ^^

  6. jean carlos vicente Says:

    eu adoro muitas musicas de funk e forro e calypso
    e etc

  7. Gustavo Henrique Says:

    Cara, eu me defino como alguém sem um estilo músical, simplesmente ouço uma música e digo se gosto ou não. E é incrível como não consigo gostar de música brasileira, da mpb(q eu tenho até um pouco de preconceito, pois não gosto da pose de pseudo-cult da galera que ouve) até o hip hop nacional, nada me convenceu. Mas quem sabe encontra algo que um dia encante meus ouvidos. Até lá!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: